O começo

A idéia desse blog surgiu numa manhã cotidiana, no devaneio do meu silêncio enquanto eu testava meus novos “amigos”, meus aparelhos auditivos. Enquanto eu tentava me habituar a eles, eu questionava a mim mesma porquê não escrever um diário com os dilemas de alguém que não tem a audição perfeita. E aqui estou, para compartilhar desse desafio, e contar um pouco de como é ser deficiente auditivo.

Eu ainda era uma criança quando descobri que eu poderia ter herdado da minha família paterna a perda auditiva, uma vez que minha avó  já havia sido diagnosticada com deficiência auditiva, e praticamente quase todos os meus tios paternos também herdaram essa alteração genética. Foi quando iniciei o acompanhamento no Cedalvi, “Centrinho” da USP, em Bauru e diga-se de passagem, com excelentes profissionais preparados profissionalmente.

A questão é que não quero falar da perda auditiva em si, mas sim das questões que abrigam esse tema, como por exemplo, o cotidiano de quem não ouve normalmente, a fase de adaptação com o aparelho e questões gerais relacionadas a esse tema.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “O começo

  1. Fernando de Negri

    aguardando a continuaçao

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s