Arquivo da tag: silenciobarulhento

Dividindo e construindo

download-1

Confesso que faz tempo que não apareço por aqui, o importante é voltar mesmo que demore dias ou alguns meses…rs

Os meses se passaram e algumas mudanças aconteceram, venho enfrentando novos desafios na vida profissional com a perda auditiva, uma delas é a mudança de emprego o que acarretou muitas coisas novas na minha vida, inclusive o uso de aparelho auditivo em situações que antes eu não tinha vontade nenhuma de colocar.

Não vem ao caso descrever minhas atividades, mas quero ressaltar que não imaginava que aguentaria passar tantos dias seguidos com meus “amigos” em meio a tanta barulheira e os mais diversos tipos de sons. Vale ressaltar que mesmo que eu usasse os aparelhos auditivos, eu sempre os retirei em situações desse tipo, até porque a gente não escuta nada além do “mix de sons”, porém emprego novo, contato direto com novos gestores, conhecendo sua nova equipe de trabalho…achei que não pegaria nada bem forçar uma tentativa sem meus amigos. Participei de palestras durante o dia e”  UAU, como os meus amigos ( benditos aparelhos auditivos) me ajudaram”, uma salva de palmas pra eles….rs

Nada mais justo que depois daquele dia exaustivo você retirar os amigos para dar um descanso ao seu par de orelhas…hehe então me deparei com o silêncio barulhento e resolvi registrar as idéias, novidades, dar um alô geral no meu blog.

Em meio ao silêncio encontrei assuntos perdidos e que deixei passar ao longo dos meses, aliás, diga-se de passagem momentos que marcaram demais minha vida. Um deles, afinal não foi só a vida profissional que mudou, e eu diria que o principal é que eu me casei como todas as moças (ou quase todas) sonham em se casar. A vida deu aquela guinada de véu e grinalda…quase que no sentido literário mesmo, só faltou a grinalda…rs

E então você se pega pensando no quão bom Deus tem sido, ainda que eu seja imerecedora das graças d’Ele, o Senhor é bom. No meio de tanta gente chata e sem nenhuma graça, parafraseando a Marisa Monte, eu encontrei meu par.

Você passa a descobrir coisas que o namoro não conta e quando digo isso penso no lado positivo da questão, como por exemplo, o privilégio de ter alguém com o qual dividir o travesseiro para chorar as “pitangas” e contar as alegrias do seu dia. Outra coisa, você descobre manias, sim manias e maneiras, de comunicação que jamais pensou que existia…você também descobre que o edredom não pertence mais somente a você,  então sua mente cria estratégias para não perdê-lo sorrateiramente a noite…e mesmo sabendo que isso pode acontecer, você aceita dividir seu edredom e até faz a gentileza de verificar se seu cônjuge está alinhado ao macio e querido edredom (as vezes me sinto como aquele personagem do Snoopy com seu paninho).

Enfim, você descobre que casamento não vem pronto, vem com as peças iniciais como um quebra-cabeça o qual é necessário construir, encaixar peça a peça até o ajuste perfeito.

O mais importante de tudo, é você descobrir que o maior interessado no sucesso é o Criador dos Céus e da Terra e Ele está ali pronto a te abençoar e prover tudo aquilo que for necessário para uma boa construção. Deus é o arquiteto do amor. Valeu a pena acreditar.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Um dia qualquer

Quando o hábito de escrever resolve tirar férias fica mais difícil o retorno, a gente fica sem saber por onde começar.

Digamos que esses dias não tenham sido fáceis pra mim, algumas decisões que precisam ser tomadas e que definirão o rumo de algumas coisas. Meu lado racional anda brigando com o emocional. Talvez seja uma variável do silêncio barulhento, na verdade bastante barulhento. Eu diria que o pior barulho é aquele que está dentro da alma. Bom, vamos deixar isso pra lá e ir de fato ao que interessa.

Descobri esses dias uma loja de aparelhos auditivos na minha cidade e resolvi ir lá após algumas excelentes recomendações. Levei meu aparelhinho pra fono dar uma revisada e pra minha surpresa: o aparelho não estava configurado para minha perda auditiva. Hã? Hein? Cuma? Pois é, não sei o que houve ao certo, se foi alguma falha quando fizeram minha audiometria, se foi falha no aparelho que regula ou se foi falha profissional. Após a nova regulagem deu uma diferença absurda (pra melhor), comecei a ouvir ainda mais sons, até aqueles em outros ambientes (novidade pra mim, pois só entendo o que alguém fala olhando pra mim). Achei ótimo o atendimento e assistência e ganhei ainda uma audiometria. Pra quem ficou curioso querendo saber o lugar, http://www.audiumbrasil.com.br/pt/ .

Super recomendo se você fizer uso de aparelhos da Phonak assim como eu. Veja qual é o mais perto da sua região e corre pra lá.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized